» 4.0 Serviços » Diagnóstico em áreas recreativas


Diagnóstico em áreas recreativas


Qual o âmbito do diagnóstico em áreas recreativas interiores?

O diagnóstico é de perturbações magnéticas (provocadas por geopatias)radioactividade (raios gamma) e gás radão.

Os riscos de radiações naturais e de geopatias, em áreas recreativas habitacionais  e em escolas, podem ser relevantes?


As áreas recreativas não são de longa permanência, como, por exemplo locais de estudo, de trabalho ou de dormir.

Por isso, qualquer radiação natural, ou geopatia eventualmente existente, tem os seus potenciais efeitos reduzidos no tempo.

Não obstante,  por vezes as áreas recreativas são frequentadas com regularidade por crianças, que também as usam para os seus periodos de repouso durante o dia.

Nesses casos, convém fazer um diagnóstico para despistar situações de radiações naturais ou geopatias de grau médio a elevado de risco.


Que outras perturbações magnéticas podem afectar o descanso das crianças que usam as àreas recreativas para repouso durante o dia?


As variações subtis de intensidade magnética natural nas zonas recreativas, usadas também como zonas de descanso, podem perturbar o sono.

Essas variações subtis de intensidade magnética (gradiente magnético) podem também ser originadas pela existência de estacionamento de automóveis nas caves dos edifícios

Com efeito, os automóveis são massas metálicas que pontualmente desvirtuam a intensidade magnética natural da Terra.

Em zonas recreativas de edifícios de habitação poderá também haver esse risco?


O mesmo se pode passar em habitação com estacionamento na cave, por debaixo de eventuais zonas recreativas usadas para descanso durante o dia.




 
 
OBS. Este diagnóstico pode ser complementado com outro diagnóstico específico de radiações electromagnéticas de origem tecnológica. 

Caso se realizem os dois diagnósticos na mesma intervenção (radiações naturais e geopatias + radiações electromagnéticas de origem tecnológica), aplica-se um desconto de 20% sobre o preço dos diagnósticos, por economia de tempo e de custos de deslocação. 
Ver também a área de:
 
 
Imprimir   
topo topo
Geohabitat (c) 2009